fundo parallax

Cassems lança o primeiro caderno de receitas do programa de prevenção ‘Cozinha Experimental’

Munhoz debuta na área gastronômica e aposta em frango com receita especial
30 de julho de 2019
Festival traz gastronomia, música e entretenimento ao ar livre em Campo Grande
9 de agosto de 2019

Na última segunda-feira (29), a Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) lançou o seu primeiro caderno de receitas do programa de prevenção “Cozinha Experimental”. O programa foi criado em 2012 para levar aos beneficiários do plano de saúde alternativas saudáveis para a alimentação, sem perder a tradicionalidade e memória afetiva da comida, para, à longo prazo, gerar mais qualidade de vida. Com sete anos de existência, o curso se estendeu para Dourados em 2017.

Lançada junto com o Centro de Prevenção em Saúde, que possui o objetivo de investir em medicina preventiva, a ‘Cozinha Experimental’ já realizou mais de 150 edições e atendeu mais de 2 mil beneficiários. No início, o programa de prevenção possuía uma concepção mais formal, um pouco diferente do que tornou-se hoje. Além de apresentar alternativas diferenciadas para uma alimentação mais saudável, os encontros buscavam superar a ideia de que a culinária nutritiva não poderia estar alinhada com preços acessíveis, sabores e tradicionalidade. As aulas que resultaram em uma coletânea de livros mostraram que, sim, a cozinha também é lugar de prevenção em saúde.

A diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, explica que alimentar-se de maneira saudável é priorizar os ingredientes que leva para a mesa, considerando sempre as alternativas mais nutritivas.

“A prevenção deve começar na cozinha e ser saudável. No plano de saúde já temos essa prática, o caderno é uma proposta para compilar essas informações. Quando você começa a mudar o seu hábito de vida, sem querer, você começa a mudar a rotina das outras pessoas. Os participantes da ‘Cozinha Experimental’ são multiplicadores e reproduzem os aprendizados em suas casas. Sensibilizar pessoas para a qualidade de vida é a função da Cassems”.

A nutricionista e coordenadora da “Cozinha Experimental”, Melissa de Andrade Ayache, foi responsável pela adaptação e compilação das receitas presentes no caderno. Para ela, chegar ao sétimo ano do curso com o lançamento é emocionante.

“Me sinto muito feliz. Hoje, eu percebo que consegui passar os ensinamentos que tinha em mente e que, realmente, os beneficiários reproduziram as receitas em suas casas. Mostramos para eles que é possível ter uma alimentação saudável e, ao mesmo tempo, prática, acessível e saborosa. A saúde não precisa ficar apenas nos consultórios, o participante tem a possibilidade de levar para casa”.

De acordo com a beneficiária e frequentadora assídua das aulas, Sueli Gonçalves Alves, participar da “Cozinha Experimental” foi importante não apenas para a sua saúde. Com o programa de prevenção, ela levou as práticas em alimentação saudável também para sua família. “Com a ‘Cozinha Experimental’, descobri a possibilidade de unir uma alimentação gostosa e saudável, ao mesmo tempo. Os cursos são muito interessantes, aprendi técnicas e utilização de ingredientes que eu nem imaginava. Antes, eu tinha problemas com a glicemia alterada, me recomendaram os cursos e, desde então, pude ver melhoras na saúde”.

O vice-presidente da Cassems, Ademir Cerri, afirma que o programa de prevenção existe em decorrência de uma preocupação com os beneficiários. “O diferencial da ‘Cozinha Experimental’ é que são receitas fáceis, que os beneficiários conseguem fazer no cotidiano. É só uma questão de hábito. Às vezes, realizamos uma alimentação desequilibrada por achar que é mais fácil e mais rápido. No entanto, com organização, dá para manter uma alimentação saudável, equilibrada e prática”.

Para o conselheiro Fiscal da Cassems, Ricardo Bueno, o projeto vem ao encontro com a proposta do plano de saúde, em levar prevenção para os beneficiários. “Um programa de prevenção que visa a alimentação saudável, adequada, que previne doenças, tem tudo para ser um sucesso e crescer mais, pois a população também está focada nisso, em práticas em saúde para uma velhice de qualidade”.

O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, conta que representantes da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), instituição reguladora dos planos de saúde, estiveram em Campo Grande e conheceram o Centro de Prevenção da Caixa dos Servidores, onde acontecem as aulas da “Cozinha Experimental”. “Representantes da ANS estiveram aqui e realizaram uma visita e ficaram impressionados com a nossa estrutura, com hidroginástica, academia, pilates e as aulas de culinária, um projeto muito interessante, que coloca em prática aquilo que deveria ser a tônica de todos os planos de saúde”.

Evelise Couto
Evelise Couto
Jornalista por formação e por paixão, atua desde 2011 em redações e assessorias de imprensa. Sempre atenta a novidades, é apaixonada por literatura, cultura pop e gastronomia, além de adorar descobrir novos lugares por onde passa. Produção de conteúdo e social media também fazem parte de seu dia a dia.

Iniciativa SEBRAE/MS